pessoa usando o dedo para ligar o pisca-alerta do carro

Pisca-alerta: descubra em quais situações devemos usá-lo

Você já deve estar familiarizado com a função do pisca-alerta em seu automóvel, mas será que você realmente o usa quando necessário? O pisca-alerta deve ser usado para alertar os demais motoristas e transeuntes quanto às ações que seu veículo irá realizar. Usá-lo sem motivo aparente ou como forma de comemoração é infração média e possui multa como penalidade.

O código de trânsito brasileiro define o pisca-alerta como uma “luz intermitente do veículo, utilizada em caráter de advertência, destinada a indicas aos demais usuários da via que o veículo está imobilizado ou em situação de emergência”.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre quais as situações em que o uso do pisca-alerta é permitido, confira a lista que preparamos para ajudar você!

Principais situações onde o uso do pisca-alerta é fundamental

  • Quando o motorista necessita parar o carro no acostamento da rodovia, independente do motivo. A sinalização deverá ser feita tanto para alertar os demais motoristas quanto para indicar que seu veículo está com algum problema e solicitar ajuda. Essa medida é obrigatória;
  • É importante usar o pisca-alerta quando houver necessidade de parar o carro no meio da rua ou de uma avenida, seja por algum defeito ou falha técnica (quando o carro morre), ou parar priorizar a passagem de outros veículos e transeuntes;
  • Caso o automóvel apresente algum defeito ou problema inesperado enquanto estiver em movimento. Nesse caso, além do pisca alerta, também é necessário que o motorista use demais sinalizações na pista, como o triângulo, por exemplo, que é encontrado dentro do porta-malas do carro;
  • O pisca alerta também deverá ser usado quando o trânsito estiver lento devido a algum acidente na rodovia/ruas/avenidas, com o intuito de indicar aos demais motoristas a agirem com cautela.
  • Além dessas situações onde o pisca-alerta precisa ser usado, o motorista também poderá usá-lo quando a regulamentação da via assim o permitir. Nesse caso, o motorista encontrará orientações na via para ligar o pisca alerta com o carro em movimento.

Situações cotidianas onde NÃO se deve usar o pisca-alerta

  • Jamais acione o pisca-alerta quando o carro estiver em movimento. Essa ação pode confundir os demais motoristas, aumentando as chances de causar algum acidente. Essa situação ainda pode se agravar caso haja neblina na pista. Devido à perda da visibilidade, os demais motoristas podem pensar que o carro está parado e aumentar o risco de colisão traseira.

Para saber mais sobre os cuidados com seu carro, acesse o nosso Facebook e canal no YouTube. Ou passe em nossa loja e nos faça uma visita. Esperamos por você!