Nós somos o trânsito: conheça a campanha de conscientização de 2018

As campanhas educativas são muito importantes na conscientização de motoristas e demais usuários de veículos. Em 2018, a Semana Nacional do Trânsito traz o tema “Nós somos o trânsito”, como forma de despertar em todos, motoristas e pedestres, os cuidados necessários para a segurança.

A Lei Seca, em vigor no país há 10 anos, trouxe a redução de 2,4% do número de mortes no trânsito do país. Entretanto, em alguns estados, como Pará, Maranhão, Piauí, Bahia e Tocantins, os números continuam elevados.

Desde 1997 é celebrado no país, entre os dias 18 e 25 de setembro, a Semana Nacional do Trânsito. Ela traz uma série de eventos e ações educativas, promovidas por órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito.

Todos os anos o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) escolhe um tema como pano de fundo para as ações da Semana, e o de 2018 é “Nós somos o trânsito”. A ideia é envolver toda a sociedade na reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo para que todos os condutores, ciclistas, pedestres e passageiros optem por um trânsito mais seguro.

Tecnologia contribui na soma esforços em prol da vida no trânsito

A tecnologia é mais uma ferramenta utilizada para promover as mudanças tão almejadas no trânsito. Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, empresa que desenvolve e aplica tecnologia para a segurança no trânsito, conta que os radares, como são, de modo geral, conhecidos os equipamentos de fiscalização eletrônica de trânsito, acabam por inibir o condutor a praticar altas velocidades, induzindo-o a respeitar o limite imposto em cada via. “Além disso, muitos desses dispositivos possuem outras funções, como registrar avanço de sinal vermelho, circulação em faixa exclusiva e conversões proibidas; sempre com o objetivo de tornar as vias mais humanas e seguras para todos”, explica.

Para Campos, os equipamentos de fiscalização somam esforços às campanhas e ações educativas, sendo eficazes para tornar o trânsito menos violento.

“Cada indivíduo precisa refletir sobre seu comportamento e seus deveres quanto usuário das ruas e vias, e também lutar por seus direitos, como usufruir de estradas seguras e bem sinalizadas. O mote “Nós somos o trânsito” mostra que todos têm papel determinante para minimizar as ocorrências e, consequentemente, reduzir o número de vítimas no trânsito”, acrescenta o especialista.

Confira o que rolou na 2ª Etapa do Novo Rally MG!

Sol, poeira, balaios e muita confraternização. Assim foi a etapa Juiz de Fora do Novo Rally MG 2018. Na sexta feira, 11 de maio, o “esquenta” no APRIORI Bar e Restaurante em Juiz de Fora (MG) foi uma prévia do sucesso da etapa. A confraternização rolou solta. Pilotos e equipes vieram de vários estados brasileiros para participar da segunda etapa do Novo Rally MG.
Na manhã ensolarada de sábado, 12 de maio, os participantes concentraram-se no Posto Esso do bairro Igrejinha para a vistoria técnica, briefing e largada a partir das 10h00. Balaios e trechos estreitos entre subidas e descidas íngremes dentro da Fazenda de Reflorestamento São Domingos, em Bias Fortes, foram os ingredientes para o sucesso.
Após 5 horas de prova, os competidores retornaram para Juiz de Fora, onde aconteceu a festa de premiação e entrega dos troféus no A PRIORI Bar e Restaurante no bairro Alto dos Passos.
O piloto de Belo Horizonte, MG, Fernando Lage, vencedor da categoria Master, comemora: “O carro tá novinho ainda sem placa é já campeão. A prova foi boa, tudo correu bem. Um abraço a todos!”
A dupla Braulio Ferreira e seu filho Erick, de Juiz de Fora, MG, mais uma vez foi destaque no Passeio Pais e Filhos. “Procuramos fazer uma prova que fosse de agrado de todos, ressaltando a nossa preocupação com o meio ambiente. Nossos trajetos foram levantados de maneira a não interferir na natureza. Grato a todos que estiveram conosco!”, finaliza Weidner Moreira, membro da organização do evento.
A etapa de Juiz de Fora do Novo Rally MG 2018 teve o patrocínio de BF Goodrich e Jacar Pneus. Apuração TOTEM e  supervisão da Federação Mineira de Automobilismo.

Conheça os vencedores da segunda etapa do Novo Rally MG

Categoria Master: Fernando Lage e Jhonathan Ardigo
Categoria Graduado: Amir e Marcelo Novaes
Categoria Turismo: Paulo Renato e Lucca Ribeiro
Categoria Turismo Ligth: Reinaldo Cardoso e Cesar Romero Junior
Para ver resultados completos acesse: www.totemonline.com.br
Texto e fotos: Angelo Savastano/Savastano Photo Sport

8 Dicas para reduzir o consumo de combustível de forma eficaz

Nas últimas semanas o preço do combustível subiu de forma assustadora. A gasolina teve um aumento foi de 8,22% na primeira semana após a elevação dos impostos sobre os combustíveis aplicados pelo governo.

Na mesma semana, a Petrobras elevou os preços nas refinarias em 3,91. E se o preço da gasolina não está deixando os motoristas satisfeitos, o do diesel muito menos.
O preço médio terminou a semana com uma alta de 4,69% nas bombas. Já nas refinarias, o aumento foi de 3,43%.

Mesmo com o significativo aumento do preço do combustível, o cenário ainda é melhor do que poderia ser. A gasolina subiu, na média R$ 0,285, contra previsão de R$ 0,41 do governo. O aumento do diesel também ficou abaixo da previsão do governo, tendo uma elevação de R$ 0,137, contra estimativa de R$ 0,21.

Nesses tempos de mudança, o que resta é tentar economizar no preço do combustível. Por isso, separamos 8 dicas que vão ajudá-lo a reduzir o consumo do seu carro. Confira:

Simples atitudes que ajudam economizar o preço do combustível

Calibragem dos Pneus

Pneus com a calibragem errada influenciam diretamente no consumo de combustível. Um pneu calibrado de forma correta pode reduzir até 20% do consumo.

Troca de marcha

A troca de marcha influencia diretamente no consumo de combustível. Quando você utiliza a aceleração e marcha errada, você gasta muito mais combustível. Fique atento na hora de mudar de marcha.

Aceleração

Evite aceleradas bruscas e desnecessárias, isso afeta o consumo. Também não é recomendado ficar aquecendo o carro pela manhã antes de sair da garagem.

Velas

A velas estão entre os itens de manutenção que mais influenciam no consumo dos carros.  Isso ocorre porque sua função é gerar energia na câmara de combustão para iniciar a queima da mistura ar/combustível. Se as velas estão ruins, essa queima fica irregular, influenciando diretamente no aumento do combustível injetado.

Vidros

Para economizar o ar condicionado, muitos motoristas optam por andar com os vidros do carro aberto. Mas você sabia que isso pode aumentar o consumo? Andar com os vidros abertos interfere na aerodinâmica do carro, aumentando o gasto principalmente quando o motorista está a mais de 80Km/h.

Ar condicionado

Agora que você já sabe que os vidros abertos também aumentam o consumo de combustível, talvez opte pelo ar condicionado, certo? Errado! O ar condicionado também aumenta o consumo em média 20%.

Filtros

Os filtros entupidos influenciam diretamente na mistura de ar e combustível na câmara de combustão. Isso faz com que o veículo gaste mais, porque a mistura fica irregular.

Excesso de velocidade

Para sua segurança e economia, respeite os limites de velocidade. Um carro consome cerca de 20% a mais quando está a 100 km/h do que quando está a 80 km/h.

Essas simples dicas vão fazer com que você não sinta tanta diferença no bolso quando for abastecer o automóvel. Para mais dicas de nossos profissionais, acesse o Facebook ou nos faça uma visita! Estamos na Avenida Presidente Itamar Franco,  2828 – São Mateus. Esperamos por você!

Dicas para diminuir os pontos cegos do retrovisor

Uma das principais dificuldades dos motoristas é em relação a visão: como eliminar os pontos cegos do retrovisor da melhor forma possível? Para o condutor, existem basicamente três visões de dentro do carro, as dianteiras naturais, as visões periféricas e também as naturais nossas, onde conseguimos visualizar objetos, mas eventualmente não sabemos definir o que eles são.

Os retrovisores ajudam nas visões que não temos naturalmente e, além de serem obrigatórios no veículo, são os responsáveis por ajudar a evitar milhares de acidentes ao diminuírem os chamados pontos cegos.

 O ponto cego

Os Pontos cegos do retrovisor são áreas laterais ao veículo ou coberto por alguma coluna que não é possível ver, por exemplo: outros carros do lado ou na traseira do carro.

E você pode evitar isso com a boa regulagem dos seus retrovisores, pois eles são de suma importância para qualquer motorista, é com eles que sabemos se tem outros veículos ou motocicletas na pista, como também pedestres e objetos no asfalto, assim, evitando acidentes.

Regulando o retrovisor de forma correta

  • Para regular os retrovisores de forma correta, primeiro é preciso se posicionar de forma correta no banco. Para isso, seu pé precisa alcançar o fundo do pedal, seus punhos precisam alcançar a parte superior do volante (ficando semi-flexionados) e suas costas devem estar bem apoiadas no encosto.
  • Depois de estar bem posicionado em seu lugar, o motorista precisa iniciar a regulagem do retrovisor interno de forma que seja possível visualizar a maior parte da traseira do veículo. Essa regulagem se torna precisa ao posicionar o retrovisor pegando a maior área do vidro e a maior parte da visão traseira. Esse posicionamento pode variar de acordo com a altura do veículo, podendo obstruir a visão do condutor e dificultar a identificação de crianças ou objetos pequenos.
  • É no ajuste correto dos retrovisores externos que você diminui o seu ponto cego. Um uma pequena mudança no retrovisor pode te garantir alguns metros de visão traseira. É quando você vê mais da via e menos do veículo que o ajuste está coreto, dessa forma, você vai aumentar seu campo de visão, diminuindo os pontos cegos e ajudando a evitar acidentes.

Agora que você já sabe como diminuir os pontos cegos do retrovisor, que tal começar a colocar em prática a nossa dica?

 

9 dicas para ter uma viagem de carro segura durante o carnaval

Um dos feriados mais aguardados pelos brasileiros está se aproximando. E nada melhor do que juntar a família ou os amigos e curtir o carnaval na praia, no campo ou na piscina. Mas se você pretende viajar nessa época, para que o carnaval seja só alegria, são necessários alguns cuidados para ter uma viagem de carro segura.

Antes de botar o pé na estrada, é necessário levar o carro para fazer uma revisão completa. Não se esqueça de verificar se está tudo ok com os itens de segurança obrigatórios, como extintor de incêndio, triângulo de sinalização e estepe.

Também é importante verificar se há necessidade de fazer o balanceamento das rodas e o alinhamento da direção, evitando futuros problemas na estrada e tendo uma viagem de carro segura e tranquila.

Além da revisão básica já listada, você também precisa ficar atento a:

  1. Sistema de limpeza dos vidros: Algo simples e que às vezes não damos a devida atenção, é importante que você verifique se o sistema de limpeza está funcionando corretamente antes de iniciar uma viajem. Como a incidência de chuva é grande nessa época do ano, vidros embaçados ou com pouca visibilidade podem provocar grande perigo na estrada;
  2. Luzes acesas: Não se esqueça de verificar se as lâmpadas dos faróis e lanternas estão funcionando corretamente. Para isso, faça um teste antes de sair de casa com as luzes dos pisca-alerta, freios e sinalização. Não vai demorar nem cinco minutos e vai fazer com sua viagem seja mais segura;
  3. Peso pesado: Se você está indo viajar com a capacidade total de pessoas no carro, é importante contrabalancear esse peso levando pouca bagagem no porta-malas. Cheque a pressão de todos os pneus e verifique qual o limite indicado para o seu veículo. Esse valor varia de acordo com a marca e ano do carro;
  4. Motorista prevenido: Além das malas também é importante que o motorista leve uma garrafa com água durante a viagem. Ela vai ser extremamente útil caso o motor ferva ou fique sem água. Sempre leve uma reserva.
  5. Longas distâncias: Se a viagem for longa, lembre-se de verificar o nível do óleo do motor a cada 500 quilômetros percorridos.  Lembre-se de fazer essa medição com o carro em um local plano e com o motor quente (mas cuidado na hora de abrir o reservatório de óleo).
  6. Descanso necessário: Muitas vezes ficamos ansiosos para chegar ao nosso destino e optamos por não fazer paradas. Mas isso é um grande erro. Parar em algum lugar, além de ser bom para a circulação sanguínea (pois em uma viagem acabamos ficando muito tempo em uma mesma posição), na parada você também poderá se alimentar, utilizar os sanitários e abastecer o carro;
  7. Carnaval em família: Se você estiver viajando com a família e possuir crianças pequenas, não se esqueça da cadeirinha e do cinto de segurança!  Crianças de até um ano de idade devem viajar no bebê-conforto sempre no banco traseiro, de costas para as poltronas do motorista e carona. Para as crianças de um a quatro anos, é preciso usar a poltrona reversível no banco de trás, agora virado para frente do veículo. Crianças entre quatro e sete anos e meio só podem viajar caso usem um assento de elevação, também conhecido como booster. O item deve ser usado sempre no banco traseiro do carro e a criança precisa usar o cinto de segurança de três pontos.  Já as crianças entre sete anos e meio e dez anos e meio, podem viajar no banco traseiro sem nenhum apetrecho, apenas com o cinto de segurança de três pontos. Acima dessa idade é permitido que a criança viaje no banco da frente do carro;
  8. Restrições alimentares: Antes de cair na estrada para curtir o carnaval, evite comer alimentos que tenham má digestão e comidas pesadas, como feijoadas. Além disso, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas para o motorista. Além der crime, acarreta uma multa gravíssima de R$ 2934,70;
  9. Primeiros socorros: Sempre leve no carro um kit farmácia com remédios para enjoo, curativos, analgésicos, protetor solar, antisséptico e repelente. Essa é uma boa forma de estar preparado para imprevistos nas estradas.

Malas prontas e revisão no carro feita, só resta pegar a estrada o mais cedo possível ter uma viagem de carro segura e evitar engarrafamentos. Aproveite o carnaval e lembre-se que álcool e direção não é uma boa combinação.

Para mais dicas acesse o nosso canal no Youtube ou nos faça uma visita. Esperamos por você!

Dicas práticas: como fazer a revisão do seu carro

A Jacar ensina como fazer revisão no carro, afinal a sua segurança vem sempre em primeiro lugar. Por isso, antes de pegar a estrada, confira as dicas da nossa equipe!

Como fazer revisão no carro?

Para realizar uma boa revisão no carro, o proprietário deve estar atento a alguns itens como o nível do óleo e da água do reservatório. Segundo Luciano, também é preciso observar o nível de água do limpador de para-brisas e do reservatório de partida a frio, onde fica a gasolina. E ele ainda faz um alerta: “Nunca abra a tampa do reservatório de água com o carro quente, sempre frio”.

Por que é importante?

Os procedimentos de revisão são essenciais, até para as viagens mais curtas. O procedimento evita que você fique parado na estrada por causas que poderiam ser facilmente resolvidas. “Se for para uma viagem mais longa, aconselho também a fazer uma revisão com pelo menos uma semana de antecedência da viagem para que você não tenha surpresas desagradáveis em cima da hora”, Luciano completa.

Para essas e outras dicas, visite nossas redes sociais ou fale com a nossa equipe. Esperamos por você!

Dicas práticas: como cuidar da manutenção do carro

Você costuma estacionar seu carro com o volante virado? A marcha engatada? Conheça algumas práticas que, mesmo sendo comuns no dia a dia, podem prejudicar a manutenção do carro.

Hábitos

É comum que as pessoas tenham o hábito de estacionar com o volante esterçado, junto ao meio fio. Mas Luciano alerta para os riscos da prática: “Se vier outro carro e der uma esbarrada, vai prejudicar muito a suspensão, porque está forçando”. Também é frequente que as pessoas também parem com a marcha engatada. Segundo o especialista, neste caso, se vier outro automóvel e bater na traseira do seu veículo, ou der ré na dianteira, pode prejudicar a caixa de câmbio.

Como evitar estes problemas

Segundo Luciano, para que você não tenha problemas de suspensão, de ponteira ou com o setor de direção, basta procurar manobrar seu carro sempre fazendo pequenos movimentos, nunca com o veiculo parado. “Toda vez que você manobra o carro totalmente parado, mesmo com a direção hidráulica, ele força o setor, o pivô, as buchas. Então procure manobrar sempre balançando o veículo, aos poucos”.

Outra coisa que prejudica a suspensão é o habito de estacionar com duas rodas em cima do passeio e duas rodas na rua. “Você está sempre forçando mais um lado do seu carro. Além de estar prejudicando o alinhamento do automóvel também, porque você torce a suspensão toda. Fica com uma roda para cima e outra pra baixo e o carro não foi feito para estacionar de lado. Ele foi feito para estacionar em linha reta”, alerta o especialista.

Acompanhe as nossas dicas por aqui ou nas redes sociais. Esperamos por você!