5 formas de aumentar a vida útil do sistema de escapamento do carro

A falta de manutenção do sistema de exaustão do automóvel pode causar ruídos excessivos, aumentando, assim, o consumo de combustível. Corrosões na lataria também são comuns, assim como a quantidade de poluentes lançados no meio ambiente através do escapamento do carro.

Por isso, a utilizar peças de qualidade e realizar a manutenção constante no automóvel, o motorista tem muito mais chances de prolongar a vida útil do sistema de escapamento.  Uma peça em boas condições ajuda o sistema de exaustão a direcionar os gases para a parte traseira do veículo, atenuando o nível de ruído do motor e transformando os gases nocivos em menos poluentes.

No Brasil, a maioria dos sistemas de escapamento são formandos pelas seguintes partes: coletor, catalisador, silenciador intermediário e silenciador traseiro. Com simples dicas você conseguirá manter todo o sistema em perfeito estado, garantindo segurança e economia.

Dicas para ajudar a melhorar o sistema de escapamento do carro

1.      Abasteça com combustível confiável

Abastecer o veículo em postos de combustível confiáveis garante que você não estará recebendo um produto adulterado. O combustível adulterado pode causar grandes problemas para o sistema de escapamento. Isso porque os solventes que muitas vezes são misturados à gasolina, ou água colocada no álcool, ajudam a corroer as peças metálicas do escapamento.

2.      Tenha uma boa direção

Ter atenção redobrada em estradas, ruas e avenidas pode ajudar a manter o bom funcionamento do sistema de escapamento do seu carro. Isso porque muitas vezes algumas peças do sistema são danificadas pelo forte impacto em um quebra-molas ou buracos. Um simples trincado pode evoluir para uma rachadura maior, comprometendo as partes metálicas.

3.      Evite deixar o carro na garagem

Automóveis que são pouco utilizados ou que passam mais tempo na garagem têm mais chances de ter os silenciadores danificados mais rápido. Isso ocorre devido à inércia do veículo, que causa o acúmulo de umidade no sistema. Normalmente, essa umidade é eliminada pelo aquecimento do motor, o que não acontece quando o carro anda pouco ou não anda.

4.      Só instale peças originais

Ao colocar uma nova peça, escolha sempre as originais e de marcas conhecidas pelas montadoras. Nunca faça adaptações. A colocação de um silenciador errado ou qualquer mudança no curso do sistema de exaustão pode danificar outras peças que estão em boas condições.

5.      Nunca se esqueça da manutenção

Velas, filtros e o sistema de injeção devem estar em bom funcionamento para não prejudicarem o sistema de exaustão do carro.  Esses componentes devem ser revisados e trocados conforme a orientação de cada montadora.
Com todas essas dicas fica bem mais fácil conseguir aumentar a vida útil do sistema de escapamento do seu carro, certo? Para conferir mais instruções dos nossos especialistas, acesse nossa página do facebook!

NOVO RALLY MINAS GERAIS 2018

Sol, poeira, disputa e emoção além de paisagens belíssimas pelas Serras do Ibitipoca, assim foi a estréia do Novo Rally MG 2018. Neste final de semana (17 e 18.03), a etapa de abertura reuniu equipes vindas de diversos estados brasileiros numa disputa entre as as montanhas da Serra do Ibitipoca, começou o Novo Rally MG 2018.

Já na sexta feira, a simpática e bucólica Conceição do Ibitipoca entrou no clima do evento com a chegada dos participantes. Muitos aproveitaram a oportunidade para curtir o bom astral do lugar.
No sábado pela manhã, a concentração e largada foi no Hotel Alpha Ville Chalés onde também aconteceu a premiação e entrega de troféus. Um final de semana perfeito para quem gosta de competição.
Eveli Barbosa de Bragança Paulista (SP), navegadora campeã da categoria graduado comemora: ”Foi dada a largada para Novo Rally MG 2018. E como não podia ser diferente, prova boa demais! Gente boa demais. Reencontros bons demais. Receptividade mineira boa demais. E resultado, então… Demaaais!! Campeões Graduados da I Etapa Ibitipoca. Uhuuuu!!”.
Braulio Ferreira e seu filho Erick se destacaram no Passeio Pais e Filhos.
“Novo Rally Minas Gerais é nosso, por isso é tão bom. Todos nós estamos comprometidos de alguma forma, competidores, patrocinadores e organização.”

rally1 Rally2

rally5

Os vencedores:

Categoria Master: Wander Filho / Wagner de Paula – B. Horizonte MG
Categoria Graduado: Waldir B. Mineiro / Eveli Barbosa – B. Paulista SP
Categoria Turismo: Inácio Rossetto / Leonardo Rossetto – C.Itapemirim ES
Categoria Turismo Light: Rodrigo Foletto / Rafaela Foletto – Colatina ES

Confira os resultados completos acessando o site www.totemonline.com.br

bb9fec3b-80ef-4073-867e-5b30bb6a8eec d8fcdf7b-f478-4572-85eb-be1783c2c53f

O Novo Rally MG 2018 tem o patrocínio e apoio de BF Goodrich e Jacar Pneus. Realização M8 Rally e Jeep Clube Juiz de Fora, apuração TOTEM e supervisão da Federação Mineira de Automobilismo
Angelo Savastano – Savastano Photo Sport: Texto e Fotografia.

Descubra como evitar vidros embaçados no carro em dias de chuva

No verão, época mais quente do ano, a incidência de chuva é muito maior, o que dificulta a vida de pedestres e motoristas. No carro, a maior dificuldade enfrentada são os vidros embaçados, que dificultam a visão e podem até causar acidentes.

O embaçamento ocorre porque, em dias de chuva, a temperatura dentro do automóvel fica maior do que a de fora e, combinado ao vapor de água que sai junto com a nossa respiração, cria o efeito de condensação no vidro.

Isso significa que, com vidros fechados e pouca circulação de ar, a temperatura dentro do carro se eleva, e a externa, devido à chuva, diminui. Quando a água em estado gasoso encosta no para-brisa, ela volta em estado líquido, formando gotículas e água e embaçando os vidros do carro.

Mas então, o que fazer quando você estiver no trânsito e o vidro embaçar? Confira algumas dicas da Jacar:

Evitando vidros embaçados com ar-condicionado

O ar-condicionado ainda é a melhor opção para evitar que os vidros do carro se embacem. Essa é uma das suas funções mais importantes dentro do veículo. O ar condicionado é eficiente porque sua finalidade é puxar o ar úmido de dentro do veículo, mantendo o ambiente com uma temperatura adequada e com os vidros limpos.

Existem pessoas que não são fãs do ar condicionado, seja pelo fato de aumentar o consumo de combustível ou porque não se adapta a temperaturas mais baixas. Para essas pessoas, a Jacar separou outra dica que também é eficaz contra vidros embaçados.

Mistura milagrosa para evitar vidros embaçados

Coloque um pouco de detergente sem cor em um pedaço de pano ou papel e espalhe pelo para-brisa do veículo e nos demais vidros e espelhos. Isso ocorre porque o detergente quebra a tensão superficial da água. Dessa forma, as gotículas de vapor ficam impedidas de se acumular no vidro.

Agora que você já sabe como evitar vidros embaçados em seu automóvel, vai poder pegar a estrada nesse verão bem mais tranquilo! Além dessas, você já usou alguma técnica diferente para desembaçar os vidros do seu carro? Conta pra gente nos comentários!

 

“Os Eleitos”: MICHELIN é, mais uma vez, eleita a melhor marca de pneus pelos leitores da Revista Quatro Rodas

De acordo com a pesquisa “Os Eleitos”, realizada pela revista Quatro Rodas (Editora Abril), a MICHELIN foi escolhida pelo segundo ano consecutivo como a marca de pneus favorita entre os consumidores brasileiros. A marca foi a preferida de 30% dos proprietários de carros que participaram da análise, uma vantagem de nove pontos percentuais em relação ao segundo colocado. Para efeito de comparação, em 2016 a nossa vantagem foi de três pontos percentuais.

O levantamento é feito anualmente pela revista Quatro Rodas desde 2001. Realizado em parceria com o instituto TNS Brasil, a pesquisa se baseia em um sistema de média ponderada entre o que o dono espera de seu carro e o quanto sua expectativa é correspondida, em diversos quesitos definidos através de uma pesquisa qualitativa prévia.

michelin

Clique aqui para visualizar os últimos prêmios recebidos pela Michelin

 

Regras para recurso de multa de trânsito sofrem mudanças feita pelo CONTRAN

Se você deseja recorrer de alguma multa recente, fique atento aos prazos. A partir de agora, o Contran – Conselho Nacional de Trânsito passou a padronizar as regras de apresentação de defesa dos recursos em 1ª e 2ª instâncias.

A mudança altera os prazos, passando a valer a data em que o condutor protocolou o recurso no correio ou no órgão de trânsito e não mais apenas o prazo de recebimento, como era feito antes.

O motorista pode entrar com recursos apenas até 30 dias após ser notificado. Os recursos e defesas poderão ser feitas eletronicamente, desde que o serviço esteja disponível pelo órgão ou entidade de trânsito.

A Junta Administrativa de Recursos e Infrações é quem analisa os recursos em 1ª instância e, caso não sejam aceitos, o motorista pode recorrer ao Conselho Estadual de Trânsito na 2ª instância.

Confira alguns comportamentos no trânsito que podem gerar multa

 

Usar o celular no volante

Apesar de não ser raro ver alguém agindo dessa forma, usar o celular enquanto dirige é uma infração média e rende multa.

Ultrapassar o sinal vermelho

Quando o sinal está amarelo, a indicação é diminuir a velocidade e parar. Entretanto, muita gente acaba furando o sinal vermelho. Essa é uma infração grave e perigosa para a vida dos pedestres e de quem está dentro do automóvel.

Não usar cinto de segurança

Andar sem o cinto de segurança também é uma infração grave. Sua multa é multiplicada pelo número de pessoas que também estiverem dentro do carro sem o equipamento de segurança.

Licenciamento vencido

Transitar com o veículo possuindo o licenciamento vencido é infração gravíssima, rende uma multa de R$ 191,54 e a perda de sete pontos na certeira. Além disso, quem for pego com o documento vencido também terá seu carro apreendido.

Não respeitar o pedestre

Não dar a preferência para o pedestre é infração grave. O Código Brasileiro de Trânsito prevê o direito do pedestre quando está transitando.

Evite infrações de trânsito e fique livre das multas!

Outubro Rosa: dicas para se prevenir do câncer de mama

Este é o mês oficial do combate ao câncer de mama, uma das doenças que mais atingem mulheres no Brasil e no mundo, correspondendo a 25% dos novos casos de câncer a cada ano, segundo o, Instituto Nacional do Câncer, INCA. O câncer de mama é causado pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Eles podem ter o desenvolvimento rápido ou acelerado.

As celebrações do Outubro Rosa servem para conscientizar a população quanto a esse real perigo e para alertar, principalmente as mulheres, sobre a importância do autoexame da mama.

O Ministério da Saúde disponibiliza tratamento gratuito para o câncer de mama através do Sistema Único de Saúde, o SUS. Mas a prevenção ainda é o melhor remédio. Por isso, a Jacar, apoiando o movimento, te dá algumas dicas para ajudar a afastar o câncer de mama do seu caminho.

Fatores que aumentam o risco de câncer de mama

Fatores ambientais e comportamentais:

  • Obesidade e sobrepeso após a menopausa;
  • Sedentarismo (não fazer exercícios);
  • Consumo de bebida alcoólica;
  • Exposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X);

Fatores da história reprodutiva e hormonal

  • Primeira menstruação antes de 12 anos;
  • Não ter tido filhos;
  • Primeira gravidez após os 30 anos;
  • Não ter amamentado;
  • Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;
  • Uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);
  • Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.

Fatores genéticos e hereditários*

  • História familiar de câncer de ovário;
  • Casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos;
  • História familiar de câncer de mama em homens;
  • Alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.

*A mulher que possui um ou mais desses fatores genéticos/ hereditários é considerada com risco elevado para desenvolver câncer de mama.

A melhor forma de prevenir

Mamografia

Mulheres acima dos 40 anos devem realizar a mamografia anualmente. A partir dos 70 anos, a frequência dependerá do critério médico. Para mulheres com risco elevado, a mamografia deve ser anual a partir dos 35 anos de idade.

Sol

Pegar sol antes das 10h e depois das 16h é importante para aumentar a produção de vitamina D no corpo e reduzir os riscos de câncer de mama.

Amamentação

Amamente o máximo de tempo possível. As mães que amamentam seus bebês por pelo menos um ano reduzem o risco de desenvolverem o câncer de mama futuramente.

Autoexame

O autoexame é indicado para todas as mulheres acima dos 18 anos. A melhor época para fazer o toque é depois da menstruação. Busque por caroços e, caso encontre algo estranho, procure um médico.

A prevenção é sempre o melhor caminho!

10 Itens de segurança do veículo e suas principais funções

Os automóveis brasileiros e os importados que são veiculados no Brasil são fabricados no com 10 itens de segurança obrigatórios. Dirigir um automóvel que não possui a listagem completa dos itens pode gerar multas, perda de pontos na carteira de habilitação, apreensão no veículo (em alguns casos) e perda de segurança para o motorista e todos que estão no carro.

Confira abaixo quais são os principais itens de segurança e qual a importância de cada um:

  1. Pneus: Parte essencial para o carro e para a segurança de todos, o pneu deve ser trocado sempre que o desgaste atinja a marca do TWI. Isso indica que o pneu está impossibilitado para uso e representa perigo.
  2. Luzes: Lanternas de freio e emergência, setas e luzes de ré precisam estar funcionando corretamente para que o veículo seja conduzido em total segurança.
  3. Cinto de segurança: todos os ocupantes do veículo devem estar com os cintos de segurança devidamente colocados. Esse é um item básico e essencial para a segurança.
  4. Buzina: Usada somente em situações de alerta de perigo, a buzina é um item essencial para o carro e deve estar em perfeito funcionamento.
  5. Espelhos: Tanto os retrovisores externos quanto o interno são de extrema importância para a segurança do motorista e dos ocupantes do veículo. Caso eles se quebrem, é preciso trocá-los o quanto antes.
  6. Estepe: Assim como os demais pneus do carro, o estepe deve estar sempre calibrado e balanceado. Ele é usado como pneu reserva caso algum imprevisto ocorra com algum dos pneus dianteiros ou traseiros
  7. Freios: O freio de mão é indispensável para o veículo quando ele está estacionado, principalmente em locais íngremes, evitando que o carro deslize. Desde 2014 todos os carros fabricados no Brasil precisam conter Freios ABS
  8. Airbag: Assim como os freios ABS, o airbag duplo dianteiro se tornou um item de segurança de série desde 2014. Sua função é proteger os ocupantes do carro em caso de colisão, liberando bolsas de ar que amortecem o impacto.
  9. Limpador de para-brisa: Indispensável em caso de chuva, o limpador de para-brisa tem a função de retirar sujeiras e demais fluídos do para-brisa. Ele precisa estar em perfeita condição de uso para garantir a segurança em dias chuvosos.
  10. Ferramentas: Todo carro precisa conter um kit de ferramentas de segurança. Ele deve conter: estepe, macaco, chave de roda e um triângulo de sinalização. Os equipamentos devem estar em perfeito estado de conservação e funcionamento.

Itens de segurança opcionais:

Extintor de incêndio:

A obrigatoriedade do uso de extintores de incêndio ABC nos automóveis vem sendo discutida desde 2015, mas, atualmente, seu uso é facultativo.

Controle eletrônico de estabilidade

Conhecido pelas siglas ESP (programa eletrônico de estabilidade) ou ESC (controle eletrônico de estabilidade), sua principal função é a de evitar que o veículo derrape em curvas ou desvios de trajetória, evitando que o motorista perca o controle do veículo. Este é um item extremamente importante em veículos com centro de gravidade mais elevado, como os utilitários esportivos.

Encosto de cabeça

Apesar de ser uma peça relativamente simples, os encostos de cabeça não estão presentes em todos os modelos de automóveis (principalmente na posição central do assento traseiro).  Esse item é importante em caso de colisões, evitando o efeito chicote, que pode projetar a cabeça do passageiro para trás, provocando lesões na coluna.

Você acredita que algum outro acessório do carro deveria se transformar em um item de segurança? Conte para gente nos comentários!

Para mais dicas como essa, acesse o nosso Facebook ou nos faça uma visita. Esperamos por você!

8 Dicas para reduzir o consumo de combustível de forma eficaz

Nas últimas semanas o preço do combustível subiu de forma assustadora. A gasolina teve um aumento foi de 8,22% na primeira semana após a elevação dos impostos sobre os combustíveis aplicados pelo governo.

Na mesma semana, a Petrobras elevou os preços nas refinarias em 3,91. E se o preço da gasolina não está deixando os motoristas satisfeitos, o do diesel muito menos.
O preço médio terminou a semana com uma alta de 4,69% nas bombas. Já nas refinarias, o aumento foi de 3,43%.

Mesmo com o significativo aumento do preço do combustível, o cenário ainda é melhor do que poderia ser. A gasolina subiu, na média R$ 0,285, contra previsão de R$ 0,41 do governo. O aumento do diesel também ficou abaixo da previsão do governo, tendo uma elevação de R$ 0,137, contra estimativa de R$ 0,21.

Nesses tempos de mudança, o que resta é tentar economizar no preço do combustível. Por isso, separamos 8 dicas que vão ajudá-lo a reduzir o consumo do seu carro. Confira:

Simples atitudes que ajudam economizar o preço do combustível

Calibragem dos Pneus

Pneus com a calibragem errada influenciam diretamente no consumo de combustível. Um pneu calibrado de forma correta pode reduzir até 20% do consumo.

Troca de marcha

A troca de marcha influencia diretamente no consumo de combustível. Quando você utiliza a aceleração e marcha errada, você gasta muito mais combustível. Fique atento na hora de mudar de marcha.

Aceleração

Evite aceleradas bruscas e desnecessárias, isso afeta o consumo. Também não é recomendado ficar aquecendo o carro pela manhã antes de sair da garagem.

Velas

A velas estão entre os itens de manutenção que mais influenciam no consumo dos carros.  Isso ocorre porque sua função é gerar energia na câmara de combustão para iniciar a queima da mistura ar/combustível. Se as velas estão ruins, essa queima fica irregular, influenciando diretamente no aumento do combustível injetado.

Vidros

Para economizar o ar condicionado, muitos motoristas optam por andar com os vidros do carro aberto. Mas você sabia que isso pode aumentar o consumo? Andar com os vidros abertos interfere na aerodinâmica do carro, aumentando o gasto principalmente quando o motorista está a mais de 80Km/h.

Ar condicionado

Agora que você já sabe que os vidros abertos também aumentam o consumo de combustível, talvez opte pelo ar condicionado, certo? Errado! O ar condicionado também aumenta o consumo em média 20%.

Filtros

Os filtros entupidos influenciam diretamente na mistura de ar e combustível na câmara de combustão. Isso faz com que o veículo gaste mais, porque a mistura fica irregular.

Excesso de velocidade

Para sua segurança e economia, respeite os limites de velocidade. Um carro consome cerca de 20% a mais quando está a 100 km/h do que quando está a 80 km/h.

Essas simples dicas vão fazer com que você não sinta tanta diferença no bolso quando for abastecer o automóvel. Para mais dicas de nossos profissionais, acesse o Facebook ou nos faça uma visita! Estamos na Avenida Presidente Itamar Franco,  2828 – São Mateus. Esperamos por você!

8 situações que podem danificar a pintura do carro e como evitá-las

Não importa a data de fabricação, se é total flex ou só aceita um tipo de combustível. Não importa se o câmbio é automático ou se os bancos são de couro. Se a pintura do carro está em dia, lustrosa e brilhante, o carro parece novo!

Mas para que a pintura do carro esteja sempre em condições perfeitas, é preciso tomar alguns simples cuidados de manutenção, evitando algumas situações que causam grandes danos ao automóvel.  Por isso, separamos 7 formas de evitar que a pintura do carro seja danificada. Confira:

Não estacione o carro próximo a árvores

Sim, a sombra que uma árvore projeta é bem tentadora em dias de sol escaldante. Mas, além do abrigo da luz, as árvores também servem de morada para pássaros.  E é aí que mora o grande problema. As fezes das aves são corrosivas e podem provocar manchas na pintura do carro. Caso isso ocorra, procure remover o quanto antes, utilizando um pano de microfibra úmido com água. Jamais tente raspar a casquinha que se forma do dejeto, isso pode arriscar a pintura do carro.

Procure abrigo durante chuva de granizo

Comuns durante o verão, as chuvas de granizo podem dar grande prejuízo para a pintura do carro. As pedrinhas de gelo que caem podem rachar a pintura e até mesmo amassar a lataria e quebrar vidros do carro. Caso isso ocorra, não demore a procurar um profissional para fazer o reparo. Além de danificar a pintura do carro, o impacto da pedra pode causar infiltração de água e enferrujar a lataria.

 Cuidado com temperaturas extremas

Cuidado ao expor o veículo a temperaturas muito altas ou baixas. Muito frio pode craquelar o verniz. Já deixá-lo exposto a muito calor pode modificar a tonalidade da cor. Porém, fatores como esses ocorrem apenas se o automóvel ficar exposto durante muito tempo, em temperaturas acima de 35 graus ou abaixo de zero. Vale ressaltar que carros novos e mais modernos possuem pinturas preparadas para isso, com camada de verniz bastante resistente. Esse fenômeno costuma ocorrer apenas com veículos mais antigos.

 Evite áreas com muita poeira

Não estacione o carro próximo a lugares com muita poeira, como construções, por exemplo. Por causa da grande concentração de materiais em pó, como o cimento, esses locais se tornam perigosos para a pintura do carro. Para remover esses sedimentos, molhe bastante o carro com água, isso irá tirar a poeira e amolecer o cimento endurecido, evitando riscos no automóvel.

Estradas novas podem não ser uma boa opção

Resquícios de material asfáltico podem acabar grudando sobre a pintura, principalmente quando há reparos recentes na via. O piche é derivado do petróleo, portanto, não pode ser removido apenas com água. Utilize produtos a base de solvente para remoção, como querosene por exemplo. Para isso, encharque o pano com o produto e o deixe agir um pouco para amolecer. É recomendado lavar o veículo com água e sabão neutro após a utilização de qualquer produto químico.

Lave o carro com produtos adequados

Na hora de lavar o carro não há mistério: a dupla água e sabão neutro resolvem muito bem o problema. Evite o uso de produtos de limpeza não apropriados para o carro, pois isso pode provocar grandes problemas na pintura principalmente quando não removidos completamente. Procure por produtos com PH neutro para limpeza do automóvel.

Combustível só no tanque

É sempre importante verificar se, durante o abastecimento, ocorreram respingos de gasolina, diesel ou etanol sobre a pintura. Se isso acontecer, remova imediatamente com água e sabão neutro. Caso perceba tarde demais, leve o veículo à uma funilaria para fazer o polimento especializado para remoção.

 Opte por tecidos de microfibra

O pano ideal para limpeza do carro é o de microfibra, pois possui pequenos furos que “guardam” a sujeira, evitando que fiquem na parte superficial, riscando o veículo. Lave o pano em uma máquina de lavar com centrifugação, pois higienizá-lo e torcê-lo a mão pode estourar suas fibras, o que acabará com os micro furos. O mesmo pano pode ser utilizado até perder sua maciez. Vale lembrar que o ideal é começar a limpeza do automóvel pelas partes superiores, como o teto, onde há menor concentração de sujeira, deixando as partes de baixo por último.

Com esses simples cuidados você vai conseguir manter a pintura do carro sempre bonita! Confira mais dicas nosso Facebook ou nos faça uma visita na Avenida Presidente Itamar Franco, 2828 – São Mateus. Esperamos por você!

Dicas para diminuir os pontos cegos do retrovisor

Uma das principais dificuldades dos motoristas é em relação a visão: como eliminar os pontos cegos do retrovisor da melhor forma possível? Para o condutor, existem basicamente três visões de dentro do carro, as dianteiras naturais, as visões periféricas e também as naturais nossas, onde conseguimos visualizar objetos, mas eventualmente não sabemos definir o que eles são.

Os retrovisores ajudam nas visões que não temos naturalmente e, além de serem obrigatórios no veículo, são os responsáveis por ajudar a evitar milhares de acidentes ao diminuírem os chamados pontos cegos.

 O ponto cego

Os Pontos cegos do retrovisor são áreas laterais ao veículo ou coberto por alguma coluna que não é possível ver, por exemplo: outros carros do lado ou na traseira do carro.

E você pode evitar isso com a boa regulagem dos seus retrovisores, pois eles são de suma importância para qualquer motorista, é com eles que sabemos se tem outros veículos ou motocicletas na pista, como também pedestres e objetos no asfalto, assim, evitando acidentes.

Regulando o retrovisor de forma correta

  • Para regular os retrovisores de forma correta, primeiro é preciso se posicionar de forma correta no banco. Para isso, seu pé precisa alcançar o fundo do pedal, seus punhos precisam alcançar a parte superior do volante (ficando semi-flexionados) e suas costas devem estar bem apoiadas no encosto.
  • Depois de estar bem posicionado em seu lugar, o motorista precisa iniciar a regulagem do retrovisor interno de forma que seja possível visualizar a maior parte da traseira do veículo. Essa regulagem se torna precisa ao posicionar o retrovisor pegando a maior área do vidro e a maior parte da visão traseira. Esse posicionamento pode variar de acordo com a altura do veículo, podendo obstruir a visão do condutor e dificultar a identificação de crianças ou objetos pequenos.
  • É no ajuste correto dos retrovisores externos que você diminui o seu ponto cego. Um uma pequena mudança no retrovisor pode te garantir alguns metros de visão traseira. É quando você vê mais da via e menos do veículo que o ajuste está coreto, dessa forma, você vai aumentar seu campo de visão, diminuindo os pontos cegos e ajudando a evitar acidentes.

Agora que você já sabe como diminuir os pontos cegos do retrovisor, que tal começar a colocar em prática a nossa dica?