9 dicas para uma viagem segura durante o feriado

O feriado do dia 2 de novembro, dia de finados, está se aproximando. Com ele, o número de carros nas estradas aumenta significativamente. Por isso, o cuidado de quem está dirigindo em busca de descanso na cidade, campo ou litoral, deve ser redobrado nesses dias para uma viagem segura.

Nós, da Jacar Pneus, separamos 9 dicas que para fazer da sua viagem do próximo feriado ainda mais tranquila! Confira:

9 dicas para uma viagem segura

Não saia para viajar sem antes fazer uma revisão completa no carro;

  • Confira se todos os documentos do carro e do motorista estão em ordem. Deixe-os em um local de fácil acesso dentro do veículo;
  • Encha o tanque do automóvel antes de iniciar uma viagem. Isso vai evitar que você fique sem gasolina no meio da estrada. Além disso, ser pego sem gasolina na estrada pode lhe render uma multa de nível médio, equivalente a 4 pontos na carteira;
  • Para uma viagem segura, opte por iniciá-la em horários alternativos. Os horários das 12h e 18 são os mais tumultuados, podendo aumentar o tempo da sua viagem se pegar um engarrafamento. Procure sair no início da manhã ou após as 20h;
  • Se você não conhecer bem o caminho até seu destino, utilize um GPS ou baixe o Google Maps em seu celular. Essa é uma ótima forma de descobrir rotas alternativas caso o trânsito não esteja bom e de tornar a viagem segura;
  • Não se esqueça de realizar paradas regulares. Além de ser importante para se alimentar, em viagens longas é fundamental que o motorista descanse as pernas antes de prosseguir mais algumas horas na estrada;
  • Ao viajar com crianças por longas horas, procure preparar algo para entretê-las dentro do carro. Jogos ou brincadeiras são indicados para evitar que as crianças se sintam casadas e irritadas com a situação;
  • Leve dinheiro trocado para facilitar o pagamento dos pedágios;
  • Ao viajar a noite, pare para dormir em pousadas ou hotéis. Dirigir cansado é perigoso para todos que estão nas estradas. Fazer uma parada para descanso vai deixar sua viagem mais segura.

Agora que você já viu todas essas dicas para uma viagem segura, é só preparar as malas e colocar o pé na estrada!

Compartilhe essas informações com seus amigos e familiares.

Confira outras dicas dos nossos especialistas clicando aqui.

10 Itens de segurança do veículo e suas principais funções

Os automóveis brasileiros e os importados que são veiculados no Brasil são fabricados no com 10 itens de segurança obrigatórios. Dirigir um automóvel que não possui a listagem completa dos itens pode gerar multas, perda de pontos na carteira de habilitação, apreensão no veículo (em alguns casos) e perda de segurança para o motorista e todos que estão no carro.

Confira abaixo quais são os principais itens de segurança e qual a importância de cada um:

  1. Pneus: Parte essencial para o carro e para a segurança de todos, o pneu deve ser trocado sempre que o desgaste atinja a marca do TWI. Isso indica que o pneu está impossibilitado para uso e representa perigo.
  2. Luzes: Lanternas de freio e emergência, setas e luzes de ré precisam estar funcionando corretamente para que o veículo seja conduzido em total segurança.
  3. Cinto de segurança: todos os ocupantes do veículo devem estar com os cintos de segurança devidamente colocados. Esse é um item básico e essencial para a segurança.
  4. Buzina: Usada somente em situações de alerta de perigo, a buzina é um item essencial para o carro e deve estar em perfeito funcionamento.
  5. Espelhos: Tanto os retrovisores externos quanto o interno são de extrema importância para a segurança do motorista e dos ocupantes do veículo. Caso eles se quebrem, é preciso trocá-los o quanto antes.
  6. Estepe: Assim como os demais pneus do carro, o estepe deve estar sempre calibrado e balanceado. Ele é usado como pneu reserva caso algum imprevisto ocorra com algum dos pneus dianteiros ou traseiros
  7. Freios: O freio de mão é indispensável para o veículo quando ele está estacionado, principalmente em locais íngremes, evitando que o carro deslize. Desde 2014 todos os carros fabricados no Brasil precisam conter Freios ABS
  8. Airbag: Assim como os freios ABS, o airbag duplo dianteiro se tornou um item de segurança de série desde 2014. Sua função é proteger os ocupantes do carro em caso de colisão, liberando bolsas de ar que amortecem o impacto.
  9. Limpador de para-brisa: Indispensável em caso de chuva, o limpador de para-brisa tem a função de retirar sujeiras e demais fluídos do para-brisa. Ele precisa estar em perfeita condição de uso para garantir a segurança em dias chuvosos.
  10. Ferramentas: Todo carro precisa conter um kit de ferramentas de segurança. Ele deve conter: estepe, macaco, chave de roda e um triângulo de sinalização. Os equipamentos devem estar em perfeito estado de conservação e funcionamento.

Itens de segurança opcionais:

Extintor de incêndio:

A obrigatoriedade do uso de extintores de incêndio ABC nos automóveis vem sendo discutida desde 2015, mas, atualmente, seu uso é facultativo.

Controle eletrônico de estabilidade

Conhecido pelas siglas ESP (programa eletrônico de estabilidade) ou ESC (controle eletrônico de estabilidade), sua principal função é a de evitar que o veículo derrape em curvas ou desvios de trajetória, evitando que o motorista perca o controle do veículo. Este é um item extremamente importante em veículos com centro de gravidade mais elevado, como os utilitários esportivos.

Encosto de cabeça

Apesar de ser uma peça relativamente simples, os encostos de cabeça não estão presentes em todos os modelos de automóveis (principalmente na posição central do assento traseiro).  Esse item é importante em caso de colisões, evitando o efeito chicote, que pode projetar a cabeça do passageiro para trás, provocando lesões na coluna.

Você acredita que algum outro acessório do carro deveria se transformar em um item de segurança? Conte para gente nos comentários!

Para mais dicas como essa, acesse o nosso Facebook ou nos faça uma visita. Esperamos por você!

6 dicas de segurança para o transporte de pets no carro

Muitas famílias possuem bichinhos de estimação, mas na hora das viagens ou passeios, ficam sem saber o que fazer com os pets. Levá-los juntos no pode ser uma boa opção, mas você deve ficar atento a algumas regras sobre o transporte de pets no carro.

Segundo a lei, não existe uma regulamentação taxativa sobre como deve ser o transporte dos animais no carro, mas o Código de Trânsito Brasileiro ressalta que é proibido transportar pets nas partes externas do veículo ou no colo do motorista.  Além disso, também não é indicado que os pets fiquem circulando pelo carro.

Se você ainda tem dúvida sobre a melhor forma para o transporte do seu pet no carro, confira nossas dicas!

  1. Coloque o animal de estimação em uma cadeira de transporte, própria para isso. Ela é presa através do cinto de segurança e impede que o animal seja projetado dentro da cabina em casos de colisão;
  2. Use o cinto de segurança de forma adaptada. Você pode fazer isso ao usar uma coleira engatada no fecho de um dos cintos do banco de trás. Para que essa técnica seja segura e confortável para o pet, é preciso que o cinto/coleira sejam presos de forma adequada e ajustados a uma distância segura. Além disso, é indicado o uso de uma coleira peitoral resistente e apropriada, ao invés das coleiras convencionais;
  3. Animais de pequeno e médio porte também podem ser carregados nos veículos através de caixas de transportes desenvolvidas especialmente para esse tipo de situação. Elas são ventiladas, permitindo que o pet respire e se sinta confortável;
  4. Já para animais de grande porte, uma boa saída pode ser usar grades de contenção que podem ser instaladas na caçamba de pick-ups ou entre o banco traseiro e a tampa do porta-malas (ideias para carro como peruas, hatches e Kombis);
  5. Em trajetos mais longos, o ideal é o que animal viaje em ambientes ventilados e sem estar de barriga cheia (para evitar o enjoo do pet). Além disso, é preciso realizar paradas regulares a cada duas ou três horas, para que o animal possa fazer suas necessidades fisiológicas e se alimentar;
  6. Para finalizar, antes de grandes viagens, leve seu pet a um veterinário para conferir se está tudo bem com ele.

    Seguindo essas simples dicas você poderá passar ótimos momentos com seus bichinhos em suas viagens! Gostou de saber essas dicas de transporte de pets no carro? Então compartilhe com seus amigos que adoram viajar com seus animais de estimação!

    Para mais dicas, acesse o nosso Facebook ou nos faça uma visita!
    Avenida Itamar Franco, 2828 – São Mateus.